15 livros sobre Novas Mídias: The Future of the Internet – And How to Stop It de Jonathan Zittrain

Francisco Arlindo Alves

<br />

A inovação e criatividade fruto da natureza aberta da Internet estariam ameaçadas pela proliferação de sistemas fechados presentes em dispositivos como consoles de vídeo games, diversos tipos de celulares, iphones e smartphones?

Se respondermos esta pergunta nos baseando nas proposições do professor de direito na internet Jonathan Zittrain, podemos afirmar que sim. O livro do teórico da universidade de direito de Harvard tem o foco central  no conceito de “generatividade”,  que já havia sido explorado anteriormente no artigo The Generative Internet do próprio autor em 2006.

A generatividade é proposta como “a capacidade de um sistema  de produzir mudanças imprevistas por meio de contribuições não-filtradas de um público amplo e variado”. Nesta perspectiva, as propriedades generativas estão presentes nas múltiplas possibilidades oferecidas pelas peças dos brinquedos Lego, por um computador PC ou pela estrutura de rede da Internet. No caso do PC, sua arquitetura é receptiva a utilização de software e dispositivos de terceiros, e não somente os desenvolvidos pelo fabricante e além disso, elimina muitas barreiras jurídicas e práticas para o usuário intervir na própria estrutura da máquina. Já quanto a Internet, sua qualidades esta na facilidade do acesso, adaptabilidade e uma arquitetura igualmente aberta. A confluência das caracteristicas do PC e Internet possibilitou que uma grande quantidade de indivíduos ou grupos amadores contribuíssem para inovações de grande porte, agregando novos e interessantes recursos constantemente.

Na percepção de Zittrain, esta mesma estrutura generativa e aberta que promove a inovação e a liberdade, agora ameaça a Internet. A natureza aberta da rede tem facilitado a disseminação de spam, vírus e a atuação do crime organizado. Por isso muitas pessoas tem preferido a comodidade de dispositivos fechados controlados centralmente por seus fabricantes, aparelhos que muitas vezes não permitem alterações nos seus aplicativos e  muito menos conhecer sua estrutura interna no sentido de saber que tipo de uso pode ser feito das informações dos seus usuários.

O autor sugere alternativas jurídicas e técnicas para preservação da generatividade, propondo entre outras abordagens, uma estratégia top-down, similar ao que Wikipedia utiliza para correção dos seus verbetes e proteção ao vandalismo. A idéia seria capacitar comunidades visando o objetivo comum de preservar a infra-estrutura da rede, e suas características abertas e descentralizadas como forma de manter a liberdade e a inovação constante propiciados pela dinâmica generativa.

Blog que aborda temas relativos ao livro:

Future of the Internet Blog

Outros livros comentados nesta série

Apresentação sobre esta série

Tags: , ,